EA082 - PROGRAMAÇÃO DE SISTEMA EM TEMPO REAL

 

 

OF

T

P

L

S

SL

C

6 4 0 0 4 4 4
Período de Oferecimento da Disciplina, segundo a convenção:
1 - Primeiro Período Letivo
2 - Segundo Período Letivo
5 - Ambos os Semestres Letivos.
6 - A Critério da Unidade
Horas-aula Semanais de Teoria Horas-aula Semanais de Prática Horas-aula Semanais de Laboratório Horas-aula Semanais Horas-aula Semanais em Sala Crédito da Disciplina, Relativo a um período letivo de quinze semanas

 

Pré Requisitos EA 876 / EA 877 / EA879 / MC 504
 

        

Ementa

Características básicas de sistemas em tempo real. Programação concorrente. Exclusão mútua. Semáforos. Monitores. Núcleo de tempo real. Troca de mensagens. Projeto e implementação de software distribuído para tempo real.

 

Ementa Detalhada

1. Introdução aos Sistemas de Tempo-Real. - definições. - classificações 2. Sistemas Concorrentes. - conceito. - comunicação e sincronização entre tarefas: espera-ocupada, semáforos, monitores, troca de mensagem/rendez-vous - bloqueio perpétuo (´deadlock´), conceitos de justiça (´fairness´) e variedade (´liveness´) 3. Metodologias/Linguagens associadas ao desenvolvimento de Sistemas de Tempo-Real. - ciclo de desenvolvimento de software. - diagramas de fluxo de dados. - statecharts. - redes de petri temporizadas. - linguagens de programação 4. Sistemas Operacionais de Tempo-Real. - tarefas periódicas e aperiódicas (esporádicas). - parâmetros temporais associados às tarefas: tempo de chegada, tempo de pronto, tempo de execução, período, prazo (´deadline´). - funções dos sistemas operacionais de tempo-real: criação/morte de tarefas, funções de temporização, sincronização e comunicação, outras funções. - arquitetura do núcleo de tempo-real: estado das tarefas, blocos de controle de tarefas (BCT), fila(s) de pronto, de espera e de temporização, tratamento de interrupção/exceção. - políticas de escalonamento (´scheduling´): escalonadores cíclicos, prioridade com preempção, protocolo de herança de prioridade, prazo mais cedo (´earliest deadline´), menor folga (´least laxity´). - medidas de desempenho: tempo de preempção, tempo de latência de interrupção, tempo de operação sobre semáforos, tempo de deteção de inversão de prioridade, tempo de latência de despacho (´dispatching´) de tarefa. - tendências associadas aos sistemas operacionais de tempo- real: UNIX de tempo-real, padrão POSIX (IEEE 1003.4), conceito de threads, arquiteturas baseadas em microkernel, sistemas operacionais de tempo-real para multiprocessamento, sistemas operacionais de tempo-real para sistemas distribuídos. 5. Comunicação de Tempo-real. - arquitetura de comunicação de tempo-real. - métodos de acesso: Token-bus, FDDI, DQDB, outros. - protocolos de tempo-real.

 

Bibliografia

 

   
Professor(es) Responsáve(l/is) pela Atualização 26/01/2007