Tese de Doutorado e pesquisa de Iniciação Científica feitas no DCA-FEEC são premiadas no SBSeg 2020

O ex-aluno de doutorado do DCA-FEEC, Vitor Hugo Galhardo Moia, teve sua tese de doutorado premiada com uma Menção Honrosa no Concurso de Teses de Dissertações do Simpósio Brasileiro de Segurança da Informação (SBSeg 2020) realizado de 13 a 16 de outubro deste ano. A tese intitulada A Study on Approximate Matching for Similarity Search: Techniques, Limitations and Improvements for Digital Forensic Investigations foi orientada pelo Prof. Marco Amaral Henriques e defendida em fev/2020, tendo artigos relacionados ao seu conteúdo já sido premiadas em outras duas oportunidades. O trabalho trouxe várias contribuições para o aumento da eficiência na investigação de mídias digitais (discos rígidos, pen drives, CDs, DVDs etc.) que precisam ter seus milhares de arquivos avaliados e comparados na busca por objetos similares a outros que são foco de alguma investigação forense. Poucos meses antes da defesa, Vitor Moia foi contratado pelo Samsung R&D Institute Brazil (SRBR) aqui em Campinas, onde continua desenvolvendo pesquisas na área de segurança e colaborando com o grupo de pesquisa em segurança aplicada ReGrAS do DCA.

No mesmo evento (SBSeg 2020), mas no Workshop de Trabalhos de Iniciação Científica e de Graduação (WTICG), o aluno de graduação em Engenharia Elétrica, José Augusto Azevedo Genovez de Mesquita Braga, também orientado pelo Prof. Marco Amaral Henriques, teve seu trabalho de Iniciação Científica, intitulado Avaliação dos requisitos de tempo e espaço de assinaturas digitais stateful baseadas em funções hash para blockchains, escolhido como o melhor trabalho do workshop neste ano. O trabalho avaliou na prática os custos de dois novos esquemas de assinatura digital baseados em funções hash que são considerados resistentes a ataques dos novos computadores quânticos que estão em desenvolvimento em várias partes do mundo. Estes computadores tornarão totalmente inseguros os atuais esquemas de assinatura e certificação digitais, incluindo as assinaturas utilizadas para garantir as transações financeiras armazenadas nas blockchains da maioria das criptomoedas em uso. José Augusto concluiu o primeiro ano de Iniciação Científica em set/2020 e conseguiu mais um ano de bolsa para aprofundar ainda mais suas investigações e seus conhecimentos sobre este tema no grupo de pesquisa em segurança aplicada ReGrAS do DCA-FEEC.

A FEEC parabeniza e agradece a competência da equipe do Prof. Marco Amaral Henriques  e do Dr. Vitor Hugo Galhardo Moia. Que orgulho para nossa unidade.
Parabéns a todos.