Unicamp/FEEC irá desenvolver motores elétricos para aviões

A Unicamp será parceira do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e da Embraer no Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE), criado com financiamento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), em projeto que pretende preparar a mobilidade aérea de zero carbono.

A Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) irá desenvolver motores elétricos especiais para a aviação e sistemas eletrônicos que os controlem. De acordo com o professor da FEEC José Antenor Pomilio - que coordenará a equipe de pesquisadores da universidade - existem duas linhas para o desenvolvimento de veículos aéreos eletrificados. Em uma delas, o veículo seria semelhante a um helicóptero, de decolagem vertical, tipicamente de uso urbano. Na outra, um modelo mais próximo do avião, para distâncias um pouco mais longas, com decolagem horizontal.

Confira a matéria completa no Portal da Unicamp

Linha de montagem da fábrica da Embraer. Programa Mobilidade Aérea do Futuro será realizado em parceria com o ITA e a Embraer. Foto: site Poder Aéreo (Alexandre Galante)
Linha de montagem da fábrica da Embraer. Programa Mobilidade Aérea do Futuro será realizado em parceria com o ITA e a Embraer. Foto: site Poder Aéreo (Alexandre Galante)